Black Friday: oportunidade de comprar uma bike nova?

Black Friday: oportunidade de comprar uma bike nova?

No último final de semana, ao assistir uns stories de uma amiga minha no Instagram, vi que ela tinha pedalado no Minhocão, com seu nome oficial de Elevado Presidente João Goulart, em São Paulo e encontrado alguns amigos.

A princípio, achei que ela estava com a bicicleta de cidade, aro 28, Elops Clássica 520, da BTwin. Porém, os R$1.699,00 não são nem um pouco atrativos pra quem está afim de entrar no mundo das bikes, investindo pouco. Já falei em uma publicação que o custo de manter uma bicicleta, principalmente em comparação com carros, beira o ridículo. Mas, entendo que o investimento de quase R$2.000,00 não é acessível a todos. Eu incluso nessa lista. Quando fui na Decathlon comprar minha bicicleta, estava decidido a comprar o modelo mais simples: RockRider 100. Na época, estava em torno de R$499,00. Mas, dada a urgência e a indisponibilidade no momento (até hoje no site, permanece indisponível), acabei optando pela RockRider 300, por R$699,00 – um preço até hoje atrativo. Porém, confesso que não busquei outras opções, já estava decidido e a compra poderia ter sido um pouco diferente.

Black Friday: O que eu já vi por aí?

Recentemente, vi em uma promoção de supermercado, uma Caloi Urbam por R$799,00. Achei o design dela bem bonita e me lembrei de um vídeo feito pela Renata Falzoni, na Shimano Fest 2018. Vale conferir. Hoje, encontrei ela por R$836,00 em uma promoção na Centauro.

Uma outra opção também é procurar bicicletarias locais, que vendam bicicletas com procedência e antecedentes conhecidos (para não entrar no mercado negro de bicicletas). Pode ser uma ótima oportunidade de adquirir uma bike nova (ou a primeira bicicleta).

O que estou de olho pra mim?

Uma outra possibilidade nessa época do ano, caso você já tenha sua bicicleta, é renovar ou até mesmo comprar alguns acessórios. Capacete, câmaras extras, pneus, pedais, sistema de transmissão, guidão, paralamas, entre muitos outros acessórios disponíveis. Tudo isso pode ser trocado na sua bicicleta e, na medida que o tempo vai passando, você pode criar determinadas demandas para esses upgrades: um pedivela mais leve, uma coroa maior (como foi meu caso relatado aqui). O importante é ficar de olho, acompanhar os preços e não comprar sem ter necessidade. Façam algumas pesquisas antes de realizar a compra pra saber se o acessório que você pretende comprar realmente vai ser útil pra você e se o dinheiro vai ser bem investido. Separei alguns produtos que podem ser interessantes a longo prazo e que eu estou de olho nos preços:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *